Hoppe Leilões

Comprar e vender

LEILÕES JUDICIAIS:

Leilões judiciais são modalidades de aquisição de bens que envolvem processos judiciais. Estes processos podem correr nas esferas municipal, estadual ou federal, e envolvem ações das mais variadas naturezas.

Basicamente, os leilões são atos oficiais determinados pelo juízo. Assim, a partir de uma decisão judicial, um determinado bem é expropriado do devedor com o objetivo de quitar uma dívida com o credor. O leilão, neste caso, existe para monetizar os valores destas dívidas.

 LEILÕES EXTRAJUDICIAIS:

Leilões extrajudiciais são todos que não são provenientes da justiça. Exemplos deste tipo de leilão são os de bancos, prefeituras, empresas, etc.

Nos leilões judiciais, em geral, ocorrem dois leilões públicos, no primeiro, o bem é leiloado pelo valor da avaliação. Se o bem não for vendido no primeiro leilão, no segundo, será oferecido com valor inferior ao da avaliação, normalmente pela metade do preço, ou conforme determinação judicial.

É o valor ofertado pelo interessado em comprar um lote em leilão.

É o menor preço para que um determinado lote seja vendido. Em alguns leilões, se o lance mínimo não for atingido, poderá ser recebido um lance condicional, que será levado à apreciação do comitente.

Basta aguardar o retorno. O Lance Condicional será levado à apreciação do vendedor e após receberemos a resposta, entraremos em contato.

É o valor mínimo definido pelo Leiloeiro para acréscimo mínimo ao valor do lance anteriormente ofertado. Este valor poderá ser alterado pelo Leiloeiro no decorrer do leilão.  

É um conjunto formado por um ou mais bens que serão leiloados.

Para fazer o cadastro, basta clicar sobre o ícone “painel do cliente”, em seguida no ícone “cadastre-se”. O usuário deverá fornecer os seus dados pessoais e escolher um Login e senha para o cadastramento no site, sendo essencial, para tanto, preencher todos os campos de forma clara e precisa, pois, os dados informados serão checados.

O usuário deverá enviar para o e-mail [email protected], cópias do CPF, RG e comprovante de endereço para pessoa física e contrato social, comprovante de endereço comercial, RG e CPF do responsável para pessoa jurídica, só após o envio e comprovação o cadastro será liberado. Poderá o leiloeiro, a qualquer outro momento, solicitar cópias de documentos do usuário.

Poderão participar dos leilões as pessoas físicas maiores de 18 anos e pessoas jurídicas representadas por alguém maior de 18 anos, devidamente habilitadas pelo leiloeiro.

PARTICIPAÇÃO ONLINE:

O interessado, deverá efetuar um cadastro prévio, com antecedência mínima de 2 (dois) dias uteis, e encaminhar os documentos solicitados para análise. Além de, enviar a documentação necessária e anuir às regras de participação dispostas no site para obtenção de “login” e “senha”, estando o cadastro em ordem, o interessado deverá pedir habilitação e só então estará apto a proferir lances.

 

 PARTICIPAÇÃO PRESENCIAL:

O interessado deverá comparecer no local, dia e horário estabelecidos, munido dos documentos solicitados no edital.

Sim. Todos os leilões, abrem para lances uma semana antes do encerramento, nesse tempo, poderão ser ofertados lances online.

Sim. Os lances online serão concretizados no ato de sua captação pelo provedor e não no ato da emissão pelo participante. Assim, diante das diferentes velocidades nas transmissões de dados, dependentes de uma série de fatores alheios ao controle pelo provedor, o leiloeiro e os comitentes não se responsabilizam por lances ofertados que não sejam recebidos antes do fechamento do lote.

Porque os bens em leilão são vendidos no estado em que se encontram e de acordo com as Condições de Venda, não dando margem a reclamações posteriores.

O arrematante não é responsável pelos ônus do (s) bem (ns), anteriores à arrematação, entretanto, as despesas relativas a transmissão do (s) bem (ns), tais como, ITBI, laudêmio, taxas, alvarás, averbações, regularização, certidões, emolumentos cartorários, registros, remoção, e em casos de imóveis ocupados, a desocupação e imissão na posse ficam a cargo do arrematante.

O arrematante também será responsável por custos pela expedição da carta de arrematação e da ordem de entrega, se houver.

O valor só poderá ser parcelado em caso de propostas que devem ser feitas após o encerramento das hastas públicas, deverá ser feita pelo valor mínimo de venda, com 25% (vinte e cinco por cento) de entrada e saldo parcelado em até 30 vezes.

A arrematação é irretratável, em casos de desistência e não pagamento, o arrematante não poderá mais participar de leilões e responderá processo administrativo, civil e criminal, o mesmo perderá o lote e será declarado vencedor o segundo maior lance ofertado.

Você vai comprar um bem que tem outros donos. Às vezes é possível separar a parte arrematada e às vezes não. Consulte antes de comprar. Estude o imóvel antes de comprar, pois varia de caso a caso. Você estará comprando um bem em sociedade com outra pessoa (ou outras). Vai ser sua responsabilidade promover o desmembramento da parte arrematada, se a natureza do bem permitir.

A carta de arrematação é expedida pelo judiciário após o bem ser arrematado, a mesma serve de documento para tomar posse do bem comprado em leilão.

Se no dia da posse o bem estiver diferente do que foi descrito no auto de avaliação ou do que você viu: não tome posse! Peticione ao juízo, esclareça detalhadamente o que ocorreu e aguarde a decisão. Ou o dinheiro de volta ou o bem no estado descrito no edital. Se esconderem o bem, ou não quiserem lhe entregar, ou dificultarem a sua posse avise ao juízo e aguarde. O transporte do bem arrematado, será por conta do arrematante cabendo ao mesmo todas as providências e despesas para a retirada do bem arrematado.

O leiloeiro é o intermediador da venda, portanto não emite nota fiscal, somente nota de venda e/ou auto de arrematação, cabe ao comitente vendedor emiti-la.

Entre em contato com a equipe da Hoppe Leilões pelo telefone (47) 3622-5164.

Todos os direitos reservados Hoppe Leilões 2020.

Proibido a reprodução total ou parcial do layout, seleção, organização e disposição do conteúdo audiovisual deste software nos termos da Lei n. º 9.609/98 e 9.610/98.

Subir Atendimento on-line